segunda-feira, maio 25, 2020
Início Notícias MP autoriza uso do Sistema de Registro de Preços para compras destinadas...

MP autoriza uso do Sistema de Registro de Preços para compras destinadas ao combate da COVID-19

0
164

O Governo Federal editou a Medida Provisória (MP) 951/2020 que autoriza o uso do Sistema de Registro de Preços (SRP) na aquisição, com dispensa de licitação, de bens, serviços e insumos destinados ao combate da COVID-19. Segundo a medida, o SRP será adotado quando a compra ou contratação for realizada por mais de um órgão público.

Publicada em edição extra do Diário Oficial da União, a MP altera a Lei nº 13.979/20. Norma criada para tratar das ações contra a pandemia no Brasil. Ela autoriza a dispensa de licitação para itens destinados ao enfrentamento do coronavírus.

A legislação permite que outros órgãos solicitem adesão à licitação ao órgão gerenciador do processo, para reduzir a burocracia das compras.

Conforme previsto na MP, o órgão gerenciador estabelecerá prazo de dois a quatro dias úteis, contado da data de divulgação da intenção do registro de preço, para que outras entidades públicas manifestem interesse em participar do processo.

A Medida Provisória suspende ainda os prazos de prescrição das sanções administrativas previstas na Lei de Licitação, na Lei do Pregão e na Lei do Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC).

O que é o Sistema de Registro de Preços

Trata-se de um procedimento especial de licitação, realizado por meio de concorrência ou pregão, que escolhe a proposta mais vantajosa para contratação futura, quando esta for necessária. Ou seja, o órgão só fecha o contrato com o vencedor quando há necessidade do produto ou serviço. O sistema é usado, por exemplo, na compra de medicamentos pelo sistema público de saúde.